A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) promove nesta sexta-feira, 21, a partir das 13h30min a  web conferência sobre a violência contra a pessoa idosa. O objetivo é orientar os técnicos do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e conselheiros municipais e estaduais sobre o atendimento e o enfrentamento do problema.logo sc

A transmissão será realizada da Fundação Escola de Governo (ENA) para pontos nas Secretarias de Desenvolvimento Regionais. Participam do debate os trabalhadores do Sistema Único da Assistência social e os conselheiros de direitos.

De acordo com o Censo SUAS 2013, foram acompanhados pelo Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi) em Santa Catarina 3.369 pessoas idosas vítimas de negligência ou abandono e 2.611 pessoas idosas vítimas de violência intrafamiliar.

“A negligência e o abandono são os tipos mais comuns de violência cometidos contra a pessoa idosa”, lembra a Gerente de Proteção Social Especial da SST, Sandra Coimbra.

Na assistência social as pessoas idosas em situação de vulnerabilidade são atendidas nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Já os idosos com direitos violados são atendidos nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), centros-dia e serviços de acolhimento.

De acordo com Sandra Coimbra, é possível denunciar casos de violência contra pessoas idosas pelo disque 100, disque 190 ou recorrer ao Ministério Público, conselho estadual ou conselhos municipais de direitos da pessoa idosa.

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina

VEJA TAMBÉM: