O último leilão do ano de carros, motos, sucatas, materiais de informática e de escritório rendeu aos cofres públicos mais de R$ 1,3 milhão. O valor é prévio e será confirmado assim que os pagamentos feitos em cheques forem compensados. Dos 196 lotes disponíveis, um  foi retirado e cinco não foram arrematados. O leilão foi realizado nesta terça-feira, 25, em Criciúma.logo sc

O gerente de Bens Móveis da Secretaria de Estado da Administração, Adilson Schmitt, afirma que os leilões têm sido uma fonte de recursos para o Estado. “Com o evento conseguimos limpar pátios e almoxarifados, reduzindo os gastos com segurança, revertendo em recursos para outras prioridades”, conta. A pasta fez quatro leilões do mesmo tipo que renderam mais de R$ 5 milhões.

Um veículo ou bem só vai a leilão após passar por uma criteriosa avaliação do setor de patrimônio do Governo do Estado, por meio da Comissão Permanente de Leilão. Os veículos, por exemplo, precisam ter mais de cinco anos de uso, apresentar uma perda de valor de 40% ou o custo de manutenção em 12 meses ser superior a metade do valor do veículo.

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina

VEJA TAMBÉM: